◆刺青の話。<sobre tatuagem>

まだブラジルに来る前のこと
日本に住んでいる日系ブラジル人の中学生の学習支援の仕事をしていました。

出かせぎで日本に来ているブラジル人にもいろいろなひとがいます。

高校や大学に通いたくても、
言葉の問題でふだんの授業についていけなかったり
経済的な問題で塾や予備校に通えなかったりという子どもたちも大勢います。

ある中学3年生の女の子は
ぼくが毎週土曜日に浜松国際交流協会で
おこなっていた授業に毎回かかさず通っていました。

真面目な子でした。

彼女はピアスをしていました。

「学校では怒られるからしてないけど、ふだんはしているんだ…。」

ぼくは、ロックも好きだしアンダーグラウンドな映画や
格闘技も好きですから、いろいろな文化に理解はある方だと思います。

でも、やはり日本で育ってきた日本人なんですね。
「え?中学生がピアスして普通に街中を歩いているの?」と思いました。

古い考えかもしれませんが、親に貰った身体だから
自分で自立したり、判断できる年齢になったら
自分の責任でピアスをしたりタトゥーを入れたりするのが常識だと思っていました。
土曜日の授業は公教育でもないので
ピアスをするなと注意することはありませんでしたが
「素敵だねえ!」と誉めることもしませんでした。

彼女は無事に高校に進学し、今ぼくはブラジルで生活しています。

さて、ブラジルではピアス、タトゥー(刺青)が当たり前です。
もちろん入れてない人も大勢いますが、
有名なオリンピックの女子選手だって
両腕に五輪のデザインのものを入れていたりします。

d0171192_1311582.jpg


ブラジルでは、女の子が生まれたら
すぐに赤ちゃんの耳に穴をあけてしまいます。
そういう文化なんです。

日本では、まだタトゥーなどの文化は認められていませんよね。
その証拠に公衆浴場などではタトゥーを入れている人は入場できません。

日本人がブラジルに来たら
タトゥーを入れている人の数に驚くでしょう。
学生も主婦も当たり前のようにしていますから。
逆にブラジル人は日本人がみんなで一緒に
水着も着ないでお風呂に入ったりすることに驚くでしょう。
国が違うのですから文化が違って当然です。

だから、日本に住むブラジル人学生は日本のルールに合わせて
学校の中では我慢しなければいけないし
日本人はブラジルのこういった文化を理解しなければいけません。

『入れ墨してるから悪いひと。』『若いのにピアスしているのはよくない。』
という偏見を捨てなければいけないと思います。
(とはいえ、本当に悪いひともいるのでしっかり見極めることが大事なんですけど…)

この間サンパウロに行った時
あるタトゥーショップで背中じゅうに刺青を入れている若者がいました。
ガラス張りのお店の中で痛みと闘っている姿を
写真に撮らせてもらいました。
背中には龍の絵。そして「マルシオ」とカタカナで字が書いてありました。

d0171192_1221850.jpg


「漢字もかっこいいよ。」と
『魔・流・士・雄』とそれぞれの漢字の意味を書いた紙を渡すと
ずいぶん喜んでいました。

魔=mágico (魔法)
流=correr (流れる)
士=soldado (サムライ)
雄=herói (英雄)

d0171192_341265.jpg


マナウスの日本語教室の先生や生徒の中にも
刺青をいれているひとがいます。

d0171192_1224099.jpg


d0171192_1322782.jpg


ある綺麗な女の子の背中には「勉強」という文字がありました。
これは、一生勉強しなきゃいけませんね!

d0171192_121765.jpg


Antes de vir para o Brasil, eu trabalhava como suporte de estudo
para alunos brasileiros de ensino médio em minha cidade no Japão.
Ensinei inglês, geografia e entre outras coisas para alunos descendentes.

Há vários tipos de brasileiros que trabalham no Japão.
Eles pretendem entrar em colégios e universidades,
mas alguns têm problema com a língua e outros têm dificuldades financeiras.
Por isso muitos alunos não podem aprender em cursinho ou escola particular.

Quando trabalhava como voluntário na HICE (Fundação para Comunicação e
Intercâmbio Internacional de Hamamatsu)
eu tinha uma aluna de 15 anos que sempre ia à minha aula,
ela nunca faltou e era muito séria.

Ela usava brinco,
por isso disse:eu não posso usar brinco na escola pública no Japão
porque os professores brigam. Mas depois da escola e nos feriados eu colocava os brincos.

Eu gosto de Rock and Roll, filmes underground e UFC também.
Por isso talvez eu tenho o conhecimento sobre este tipo de cultura...
Talvez eu entenda mais que outros japoneses, mas nasci e cresci no Japão.

Por isso eu pensei: ela têm os brincos nas orelhas dela?
Sempre anda no centro com eles?

Eu sei que a minha opinião é um pouco velha.
Porém eu sempre pensei que para usar brincos e tatuagens teria
que ter idade para responsabilidade.
Porque nossos corpos foram dados pelos nossos pais.
Eu acho que isso é o senso comum.

As aulas no HICE não são de educação pública,
por isso eu não briguei sobre isso, mas ao mesmo tempo não elogiei os brincos dela. Agora era passou no exame e estuda em colégio no Japão e eu estou no Brasil...

Então, aqui no Brasil brincos e tatuagens são populares.
Alguns não têm, mas muitas pessoas têm.
Uma famosa atleta também tem uma tatuagem do símbolo
das Olimpíadas em seu braço.

No Brasil, quando um neném nasce colocam logo os brincos.
Isto é uma cultura daqui!

No Japão ainda não é aceito este tipo de cultura como tatuagens.
(Brincos pode ser. Muitas pessoas têm!)

Por exemplo, pessoas que têm tatuagens não podem entrar
em banheiro público normalmente.

Quando japoneses visitam o Brasil se assustam
por causa que muitas pessoas têm tatuagem.

Estudantes e donas de casa... Isso é normal.

Ao contrário, quando brasileiros visitam o Japão,
eles se assustam quando nós tomamos banho sem roupa juntos...

Mas isso é normal no Japão.

Os dois países têm culturas diferentes, isso é natural.

Por isso que estudantes brasileiros que moram no Japão
tem que viver com regras do Japão
e japoneses tem que tentar entender as culturas dos estrangeiros.

“Ele tem tatuagem, por isso ele é mau!”

“Ela é uma jovem, mas por que usa brincos?”

Nós temos que jogar este tipo de preconceito.
(Porém realmente pessoas maus existem, nós devemos ter cuidado.)



Recentemente quando fui à São Paulo,
encontrei um jovem que tinha feito uma tatuagem em uma loja.
Eu pedi para tirar uma foto
porque ele estava lutando contra a dor da máquina de tatuagem.

O tatuador desenhou um grande dragão e o nome do rapaz,
"Márcio", em katakana.

Eu aconselhei escrever em KANJI também.
E escrevi em um papel algo assim

Marcio=マ・ル・シ・オ=魔・流・士・雄

魔=mágico 流=correr 士=soldado 雄=herói 

E ele gostou gostou muito!

No curso de língua japonesa em Manaus
alguns professores e alunos também têm tatuagens.

Eu encontrei uma aluna que tem um BENKYOU na costa dela,
ou seja, ela tem que estudar a vida inteira dela!

*BENKYO significa estuda em japonês.
[PR]
by amazontoshimin | 2012-11-05 03:04 | その他